Berotec Bula – Para Que Serve? Posologia, Efeitos Colaterais, Genéricos!

O medicamento Berotec é utilizado no tratamento de bronquite ou enfisemas, asma e que age diretamente nas vias respiratórias. Isso ajuda a eliminar obstruções presentes, facilitando a passagem do ar por um período que varia entre 3/5 horas. Apesar disso, há casos registrados onde o efeito durou por até 8 horas.

Há diferentes maneiras de comprar o medicamento, pois ele está disponível por meio de gotas em forma de xarope (que, por sinal, pode ser tomado ou inalado) ou de comprimidos. A forma em xarope é a mais conhecida e tradicional no Brasil, pois funciona como um spray. Fenoterol é o principal princípio ativo do Berotec.

Para que serve o Berotec

O Berotec tem 2 principais funções ativas, sendo elas:

  1. tratar a crise aguda de asma, além de outras doenças com obstrução das vias aéreas e que seja possível ser reversível, como a bronquite obstrutiva crônica. É sempre bom ressaltar que é preciso considerar sempre a obtenção de um tratamento anti-inflamatório concomitante para pacientes que sofrem com crises de asma ou que possuam a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. Isso porque o tratamento, realizado desta maneira, será muito mais efetivo e;
  2. cuidar da profilaxia da asma induzida por exercício.

Berotec é um remédio utilizado somente no tratamento de doenças respiratórias.


Berotec para que serve

Como funciona o Berotec

O Berotec é um remédio que funciona como um broncodilatador. Ele é totalmente eficaz para utilização em situações de crise asmática aguda ou então para outras condições parecidas. Após o uso, poucos segundos ou então no máximo alguns mínimos minutos são necessários para o remédio surgir efeito.

Em sua fórmula, Berotec possui bromidrato de fenoterol​, uma substância que dilata as vias respiratórias. Quando acontece uma crise respiratória, as vias aéreas ficam mais finas. E é isso que ocasiona na falta de ar e então o Berotec reverte essa situação.

Além disso, Berotec faz com que a musculatura lisa bronquial e vascular consiga relaxar, auxiliando na preveção contra os estímulos broncoconstritores, metacolina, ar frio e também contra a exposição a alérgenos.

Como usar o Berotec (posologia)

Berotec genérico

Berotec possui duas formas de comercialização, sendo que a melhor para o paciente será indicada pelo médico responsável.

Berotec gotas

O Berotec só pode ser usado em gotas, ou seja, via oral, apenas pelos pacientes que não tem a capacidade de utilizar o remédio de seu modo inalatório. A solução em gotas é distribuída em ml, visto que 1 ml representa 20 gotas e cada gota equivale a 0,25 mg de bromidrato de fenoterol (como dito, o princípio ativo da medicação). O uso é a partir de um gotejador, facilitando a contagem da quantidade de gotas a serem ingeridas. Além disso, o ideal é sempre tomar o medicamento em gotas pouco antes das refeições.

O número de gotas para cada diferente grupo de pessoas é a seguinte:

  • bebês de até 1 ano de vida deve tomar entre 3 e 7 gotas, 2-3 vezes por dia;
  • as crianças de um a seis anos têm necessidade de ingerir entre 5 a 10 gotas, sempre três vezes por dia;
  • para as crianças entre 6 aos 12 anos, dez gotas é o suficiente, também 3 vezes por dia;
  • já os adultos, idosos e adolescentes acima de 12 anos precisam ingerir entre 10 e 20 gotas, também 3 vezes ao dia.

Berotec spray

Para que consegue inalar a medicação, a forma em spray é mais adequada, isso porque ela é mais eficiente e age mais rapidamente. Em casos de crises de asma mais agudas, a posologia deve ser: para crianças que têm entre 6-12 anos, bastam entre 0,05 a 0,1 ml (1 e 2 gotas) para conseguir aliviar imediatamente os sintomas. Somente em situações graves as doses devem subir para até 0,4 ml (8 gotas).

Em adultos, idosos e crianças ou adolescentes com mais de 12 anos, duas gotas (0,1 ml) deve ser o suficiente para aliviar na hora os sintomas. E apenas nos casos mais graves o limite sobe também para 0,4 ml (8 gotas).

Independentemente do motivo da medicação, a dose deve ser sempre iniciada com a menor dosagem possível. Além disso, é importante não diluir o remédio em água potável, porque o efeito pode diminuir. E a dose pode ser repetida em – no mínimo – 4 horas e apenas se necessário.

Lembrando que crianças menores de 6 anos não podem inalar.

Composição

Além do princípio ativo, que é o bromidrato de fenoterol (5,0 mg), existem os excipientes e eles são: água purificada, edetato dissódico diidratado, ácido clorídrico, cloreto de benzalcônio e cloreto de sódio. Cada 1 ml da medicação representa 20 gotas da solução.

Contraindicação

Berotec é um remédio que possui poucas contraindicações, porém é necessário possuir atenção especial em relação a quem é permitido ou não fazer uso deste medicamento. Caso o paciente sofra de hipertireoidismo, taquiarritmia, cardiomiopatia ou obstrutiva hipertrófica, não pode usar Berotec.

Além disso, pessoas que possuem alergia a algum ingrediente presente na fórmula, principalmente ao princípio ativo bromidrato de fenoterol, jamais devem fazer uso de Berotec. Em situações onde os pacientes possuam doenças crônicas, é preciso sempre consultar o médico.

Gestantes ou mulheres que estão passando pelo período de amamentação podem realizar o uso de Berotec, mas somente até o primeiro trimestre da gravidez. Após esse período é preciso realizar uma consulta com o médico responsável para verificar as condições.

Efeitos colaterais do Berotec

Qualquer remédio que se enquadra na categoria de Berotec pode ocasionar alguns efeitos colaterais, como a hipocalemia (distúrbio do metabolismo e nutrição). No caso de Berotec spray, pode haver irritação local.

Há também a possibilidade de adquirir hipersensibilidade (alergia) em decorrência de algum distúrbio do sistema imunológico. Em alguns poucos casos, o paciente apresenta agitação e nervosismo, além de poder sofrer com tontura, tremor e cefaleia. Em outros casos, esses mais graves, mas também incomum, é possível sofrer com palpitações, taquicardia isquemia do miocárdio e arritmia.

Há também casos mais simples, porém incômodos. Eles são: náusea, vômito, erupção cutânea, hiperidrose, prurido, leves espasmos musculares, urticária, mialgia e fraqueza muscular.

Berotec bula

Superdosagem

A superdosagem de Berotec pode causar alguns sintomas já esperados, como aumento exponencial dos possíveis efeitos colaterais já descritos. Os mais comuns são tremor, taquicardia, palpitações, hipertensão, alargamento da pressão de pulso, dor tipo angina, hipotensão, arritmias e rubor. Em alguns outros casos, foi percebido acidose metabólica, relacionada diretamente ao fenoterol.

Para conseguir tratar os sintomas da superdosagem, é preciso administrar sedativos e tranquilizantes. Em situações bastante graves, medidas de tratamento intensivo podem se fazer necessárias, assim como o uso de algum antídoto específico pode se fazer necessário.

Precauções

Caso tenha sofrido recentemente infarto, problemas nos vasos sanguíneos ou no coração, descontrole do diabetes, além de alterações no funcionamento padrão da tireoide, o uso de Berotec precisa ser realizado com muita cautela e sempre após da avaliação do médico responsável.

O remédio pode também trazer algumas alterações no sangue, então é importante realizar exames de sangue com regularidade. A utilização prolongada do medicamento pode trazer sérios problemas se não administrada corretamente. Além disso, Berotec possui 24 mg de sódio/dose máxima. Então é sempre bom estar atento se estiver realizando dieta restritiva de sódio.

Interação do Berotec com outros remédios

Se interagido com anticolinérgicos, corticoides e beta-adrenérgicos derivados da xantina, o efeito de Berotec pode ser bastante potencializado. Ao usar esses medicamentos concomitantemente com o Berotec, seus efeitos colaterais podem ser intensificados. Além disso, fazer uso de dois betabloqueadores ao mesmo tempo pode causar em uma grave redução na broncodilatação.

Berotec precisa ser usado com muito cuidado por pacientes sob tratamento de inibidores da MAO ou então que estejam fazendo uso de antidepressivos tricíclicos, pois a ação pode ser potencializada. A inalação de halotano, enflurano ou tricloroetileno pode aumentar bastante a suscetibilidade em relação aos possíveis efeitos cardiovasculares dos beta-agonistas.

Berotec genérico

 

Berotec Preço

Fabricado pelo Laboratório Boehringer, Berotec é encontrado em solução de gotas. Os frascos possuem 20 ml. Além disso, é possível encontrar a solução aerossol. Seu frasco de 10 ml corresponde a duzentas doses e vem sempre acompanhado do bocal.

Normalmente é encontrado em frascos com 20ml e nesta apresentação o preço varia entre R$3 e R$15. A região e a farmácia (que possui liberdade de alterar os preços) podem variar um pouco mais os valores do medicamento. O Berotec em aerossol pode ser encontrado entre R$ 18 e R$ 30 e nas mesmas situações do frasco.

Não é necessária a apresentação de receita médica para comprar Berotec.

Berotec Genérico

É possível, sim, comprar genéricos deste medicamento. O preço, no caso, varia entre R$ 3,50 e R$ 6. Entre os laboratórios fabricantes do genérico estão Prati-Donaduzzi, EMS, Teuto e Hipolabor.

O efeito do genérico é sempre o mesmo do original. Nunca aceite os similares. Apesar de apresentar funções parecidas, a composição, indicação e feitos podem não ser o ideal para seu caso.

Pergunta dos leitores

Pode usar Berotec junto com Atrovente?

Ainda não há nenhum relato negativo em usar Atrovente junto com o Berotec. Mas isso vale apenas se for em solução a 5 mg/ml. Se a solução for maior, não use os dois juntos.

Berotec acelera o coração?

Sim, um dos efeitos do Berotec é acelerar o coração, mas isso ocorre porque libera a adrenalina do corpo. Mas pode ficar totalmente tranquilo, porque se tomado na dosagem indicada e dentro das recomendações gerais, não causara nenhum mal.

Berotec pode matar?

Sim, se ele for administrado erroneamente, Berotec pode matar. Isso acontece porque, em geral, o remédio foi feito para ser inalado. Quando ele é tomado na dosagem errada, pode ser fatal. Além disso, utilizar essa medicação sem autorização do médico responsável pode torna-la mortal.