Broncho-Vaxom (Infantil e Adulto) – Bula, Preço, Para Que Serve?

As infecções são um grande problema e trazem um grande desconforto para quem está passando pelo problema e acontecem normalmente quando os microrganismos encontram no sistema de proteção corporal e conseguem se instalar. A boa noticia e que existe Broncho-Vaxom que serve tanto para o tratamento desses problemas como par a prevenção do mesmo.

Então, para saber mais sobre esse medicamento, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre ele.

Para que serve o Broncho-Vaxom

Esse medicamento serve como um auxiliar no tratamento e prevenção de infecções de garganta, pulmões, ouvidos e seios da face, tais como bronquite crônica e aguda, faringite, amigdalite, otite, rinite e sinusite.

Ele também serve para tratar as infecções resistentes àqueles antibióticos convencionais e que venham de complicações decorrentes de infecções virais do trato respiratório, principalmente em idosos e crianças.


Ele também atua como um preventivo, evitando a reincidência da doença, bem como a sua transição para um quadro crônico.

Como funciona o Broncho-VaxomEmbalagem do medicamento Broncho-Vaxom

Esse medicamento atua estimulando o sistema imunilógico, dando força e resistência para ele e, com isso, reduzindo os riscos de recaídas.

O tempo de resposta do tratamento, bem como a sua duração irá depender da condição em que se encontra o sistema imunológico do paciente.

Após o primeiro ciclo de tratamento já é possível perceber a melhora do quadro clínico, no entanto, a eficácia maior se dá depois que termina o terceiro ciclo do tratamento.

Composição do Broncho-Vaxom

Broncho-Vaxom de uso adulto

Cada uma das cápsulas de Broncho-Vaxom contém 7 mg de lisado bacteriano de Haemophilus influenzae, Streptococcus pneumoniae, Klebsiella pneumoniae ssp. pneumoniae, Klebsiella pneumoniae ssp. ozaenae, Staphylococcus aureus, Streptococcus yogenes, Streptococcus sanguinis e Moraxella (Branhamella) catarrhalis, presentes em 40 mg de liofilizado padronizado.

Excipientes: amido de milho, estearato de magnésio, manitol, glutamato de sódio e propilgalato.

Broncho-Vaxom de uso pediátrico

Cada uma das cápsulas de Broncho-Vaxom contem 3,5 mg de lisado bacteriano de Haemophilus influenzae, Streptococcus pneumoniae, Klebsiella pneumoniae ssp. pneumoniae, Klebsiella pneumoniae ssp. ozaenae, Staphylococcus aureus, Streptococcus yogenes, Streptococcus sanguinis e Moraxella (Branhamella) catarrhalis presentes em 20 mg de liofilizado padronizado.

Excipientes: amido de milho, estearato de magnésio, manitol, glutamato de sódio e propilgalato.

Contraindicação do Broncho-Vaxom

Esse medicamento é contraindicado para pacientes que apresentem reação de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes de sua fórmula.

Broncho-Vaxom não é indicado para crianças com menos de 6 anos de idade visto que nessa faixa etária as defesas do organismo ainda não estão completamente formadas.

Como tomar Broncho-Vaxom

Esse medicamento, independentemente da apresentação é de administração exclusivamente oral e deve ser ingerido em jejum, com o estômago vazio.

Broncho-Vaxom adulto

Para os pacientes adultos a posologia recomenda uma dose de 1 cápsula por dia, em jejum, até que os sintomas desapareçam, respeitando um período mínimo de 10 dias.

Se for necessária a realização de terapia com antibiótico, isso deve ser feito, preferencialmente, desde o início do tratamento.

Já para a prevenção de recidivas, a posologia indica uma dose de 1 capsula por dia com o estômago vazio, por 10 dias seguidos, com um intervalo de 20 dias, devendo-se repedir esse procedimento por 3 meses.

Broncho-Vaxom pediátrico

Para crianças a indicação é que se empregue o mesmo esquema posológico que o recomendado para adultos. Vale lembrar que as cápsulas pediátricas possuem a metade da dose de uma cápsula para adultos.

Visto que as crianças tem maior dificuldade na ingestão de cápsulas, a mesma pode ser aberta e o conteúdo pode ser misturado em uma quantidade pequena de líquido, como água, leite ou suco de fruta.

Siga sempre as orientações do médico a respeito dos horários, doses e duração do tratamento. Não suspenda o tratamento sem que haja conhecimento do seu médico.

Precauções

Caso ocorra o aparecimento de reações adversas cutâneas o tratamento deve ser interrompido e o médico deve ser consultado imediatamente.

O mesmo vale para a ocorrência de distúrbios respiratórios de longa duração visto que ambos podem ser reações de hipersensibilidade (reação de alergia).

Visto a imaturidade do sistema imunológico de crianças, a administração de Broncho-Vaxom em pacientes com menos de 6 meses  de idade não é recomendada.

Esse medicamento não afeta a capacidade de operar máquinas ou dirigir veículos.

Uso na amamentação e gravidez

Esse medicamento não deve nunca ser utilizado por mulheres grávidas ou lactantes sem que haja recomendação médica.

Informe sempre para o seu médico ou cirurgião-dentista caso você esteja fazendo uso de qualquer outro medicamento.

Nunca faça uso de qualquer medicamento sem que haja conhecimento médico pois pode ser perigoso à saúde.

Efeitos colaterais do Broncho-Vaxom

Os relatos extraídos dos estudos clínicos realizados indica que a incidência de efeitos adversos é de 3% a 4% e eles são classificados logo a seguir de acordo com a sua frequência.

Reações adversas comuns (acontecem com 1% a 10% das pessoas que utilizam esse medicamento): tosse, diarreia, erupção cutânea e dor abdominal (barriga).

Reações adversas incomuns (acontecem com 0,1% a 1% das pessoas que utilizam esse medicamento): reações de hipersensibilidade como edema, erupção cutânea eritematosa, eritema, erupção cutânea generalizada, edema palpebral, edema periférico, edema da face, inchaço da face, inchaço, dispneia, prurido e prurido generalizado.

Já os dados de pós-comercialização apresentaram dados com as seguintes reações indesejáveis com frequência desconhecida: angioedema, vômito, urticária, náusea, fadiga, febre e cefaleia (dor de cabeça).

Sempre informa ao seu farmacêutico, médico ou cirurgião-dentista no caso de aparecimento de qualquer uma dessas reações adversas decorrentes do uso de Broncho-Vaxom. Se possível, informe também para a empresa responsável.

Superdosagem do Broncho-Vaxom

Até o momento não existem relatos de uma superdosagem com Broncho-Vaxom. De acordo com os resultados de testes de toxicidade feitos em animais. E altamente improvável o aparecimento de efeitos tóxicos depois do uso de uma superdose desse medicamento.

Caso o paciente utilize uma grande quantidade desse produto, procure imediatamente o socorre médico, levando consigo a embalagem e a bula do medicamento, para mais orientações ligue para 0800 722 6001.

Interação do Broncho-Vaxom com outros remédios

Até o presente momento são desconhecidas as interações medicamentosas decorrentes do uso de Broncho-Vaxom com outros fármacos.

Armazenamento

Esse medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente. Entre 15º e 30ºC, em sua embalagem original. Sempre ao abrigo de umidade e luz.

O número do lote, o prazo de validade e a data de fabricação do medicamento podem ser encontrados na sua embalagem.

A cápsula de Broncho-Vaxom de uso pediátrico 3,5 mg é opaca. Metade possui a coloração azul e a outra metade coloração branca. Contém um pó levemente bege.

A cápsula de Broncho-Vaxom de uso adulto 7 mg é opaca. Possui a coloração azul e contém um pó levemente bege.

Antes de usar qualquer medicamento sempre verifique o seu aspecto físico. E caso ele ainda esteja dentro do prazo de validade e apresente alguma mudança nas suas características físicas. Consulte o farmacêutico para saber se ele pode ser usado.

Todo e qualquer medicamento deve ser mantido longe do alcance de crianças.

Broncho-Vaxom PreçoEmbalagem e comprimidos do medicamento Broncho-Vaxom

Para comprar esse remédio é necessária a apresentação de receita médica branca comum. O seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra. Bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico. Visto que a segunda opção costuma ser mais barata.

No entanto, na internet, a embalagem com 10 cápsulas de Broncho-Vaxom de uso adulto (7 mg). Podendo ser encontrada por valores entre R$ 56 e R$ 756 reais. Já a embalagem com 10 cápsulas de Broncho-Vaxom de uso infantil (3,5 mg). Pode ser encontrada por valores entre R$ 38 e R$ 51 reais.

Broncho-Vaxom Genérico

Não foram encontradas referência de medicamento genéricos de Broncho-Vaxom.

Pergunta dos leitores

Broncho-Vaxom é um antibiótico?

Não, mas ele pode ser utilizado concomitantemente com antibióticos caso a condição o pacientes exija um tratamento mais completo.

Broncho-Vaxom engorda?

Não existe qualquer indicação de que o uso de Broncho-Vaxom leve ao aumento de peso. Nem mesmo ao aumento de apetite.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre Broncho-Vaxom. Suas indicações, para que serve e como ele atua no corpo.