Cimelide – Efeitos Colaterais, Preço, Posologia, Contraindicações

Dores, febres e inflamações são sintomas que sentimos a vida inteira. Seja qual for a doença, algum desses três sintomas será sentido por nós. Cimelide é um remédio que combate qualquer um desses sintomas, mas que não combate a doença. Conheça um pouco sobre esse medicamento que geralmente é utilizado como auxiliar no tratamento de alguma doença.

Para que serve o Cimelide

É um medicamento faz parte daquele grupo de remédios que podem ser utilizados em diversas situações. Cimelide tem como função principal auxiliar no tratamento de condições inflamatórias, combate a inflamação e seus sintomas. Além disso, este medicamento possui outras funções:  a analgésica (combate a dor) e antipirética (combate a febre).

Mas lembre-se que esse é um medicamento que ajuda na melhora dos sintomas, aliviando-os. Se sua dor, febre e inflamação existir em decorrência com alguma doença, o Cimelide irá servir apenas para aliviar os sintomas. Para tratar a doença, algum outro medicamento será indicado pelo médico.

Como funciona o Cimelide

É um medicamento que combate a inflamação, a febre e a dor, independente de qual seja a origem delas. Como a atividade anti-inflamatória se relaciona com vários mecanismos, Cimelide funciona de maneira diferentes. A nimesulida, que está na fórmula do medicamente, é a responsável por inibir a enzima cicloxigenase. Esta enzima está relacionada com a produção da substância prostaglandina. E essa relação da inibição que faz com que haja a diminuição da dor e a do processo inflamatório.


Dentro de 15 minutos é possível sentir melhora na dor, sendo um medicamento de eficiência rápida. No caso da febre, o tempo de resposta varia entre uma e duas 2 horas após o consumo de Cimelide.

O efeito total desse medicamento permanece cerca de 6 horas.

Como tomar o Cimelide ( posologia )

Cimelide comprimido

Cimelide posologia

Faça a ingestão dos comprimidos após as refeições. O recomendado é que Cimelide seja utilizado sempre com a menor dose possível. Além disso, ser consumido pelo menor tempo possível também é recomendado. A dose recomendada é de 50 mg a 100 mg duas vezes por dia. Em casos excepcionais a dose pode ser dobrada para até 200 mg duas vezes por dia.

De preferência, também tome acompanhado de um copo de água. Isso, junto com a refeição, irá evitar problemas gastrointestinais. Se os sintomas não melhorarem em até cinco dia, volte a consultar um médico. Os comprimidos de Cimelide precisam ser consumidos apenas de maneira oral.

Cimelide gotas

Você deve fazer uso de Cimelide gotas apenas após alguma refeição. Cada gota possui 2,5 mg de nimesulida, sendo que cada 1 mL de possui 50 mg de nimesulida. 1 mL do produto representa 20 gotas.

A posologia a seguir deve ser de uma gota (2,5 mg) por quilo de peso, em duas doses por dia. Pode ser ingerido com cada gota pingando na boca ou então diluído em um pouco de água com açúcar.

Com essa dosagem, uma pessoa de 50 kg, por exemplo, deve tomar 50 gotas.

Contraindicação do Cimelide

Esse é um medicamento altamente contraindicado para pacientes que tenham alergia a qualquer componente da fórmula. Além disso, é necessário evitar o medicamento se:

  • possuir histórico de reações de hipersensibilidade ao ácido acetilsalicílico ou a qualquer anti-inflamatórios não-esteroidais;
  • possuir úlcera péptica (intestino ou estômago) em fase ativa;
  • possuir histórico de reações hepáticas ao produto ou seus componentes;
  • possuir problemas de coagulação graves;
  • possuir ulcerações recorrentes ou sofram de hemorragia no trato gastrintestinal;
  • sofrer com mau funcionamento dos rins;
  • sofrer com insuficiência cardíaca grave;
  • sofrer com mau funcionamento do fígado.

Além disso, crianças menores de 12 anos não podem fazer o uso deste medicamento.

Efeitos colaterais do Cimelide

É um remédio que apresenta algumas diversas reações adversas.

Mais de 10 % dos pacientes relataram ter sentido: enjoo (náusea), vômito e diarreia.

Entre 0,1% e 1% relataram sentir: prurido (coceira), rash (vermelhidão na pele) e suor (sudorese) aumentada; constipação (intestino preso), gastrite (inflamação do estômago); tonturas e vertigens (tontura e sensação de estar girando); edema (inchaço); flatulência (gases) e hipertensão (pressão alta).

Há as reação raras (ocorrem entre 0,01% e 0,1% dos pacientes): dermatite (inflamação ou inchaço da pele); ansiedade; eritema (cor avermelhada da pele); visão borrada; hemorragia (sangramento); nervosismo e pesadelo; fogachos (calores); disúria (dor para urinar); flutuação da pressão sanguínea;  retenção urinária (dificuldade de urinar completamente); eosinofilia (aumento no sangue de uma célula de defesa do corpo; hematúria (sangramento na urina); anemia; hipercalemia (aumento de potássio no sangue); hipersensibilidade e; astenia (fraqueza generalizada).

Caso senta qualquer outro sintoma, compareça ao pronto socorro mais próximo imediatamente.

Composição do Cimelide

Cada um dos comprimidos de Cimelide possui 100 mg de nimesulida. Além disso, há seus excipientes. São eles: laurilsulfato de sódio, dióxido de silício, lactose, celulose croscarmelose sódica, microcristalina e estearato de magnésio.

Superdosagem do Cimelide

Os sintomas padrões de superdosagem de anti-inflamatórios não-esteroidais (AINEs) são: dor de estômago, letargia (sono profundo), sonolência, vômito e enjoo. Apesar disso, são sintomas reversíveis com tratamento de suporte.

Em algumas situações mais graves, pode acontecer sangramento gastrintestinal (no intestino e no estômago).

Em raros momentos também podem ocorrer mau funcionamento dos rins, coma, pressão alta e diminuição da respiração.

Caso ocorra a superdosagem, procure o seu médico ou então vá a um pronto-socorro ou hospital mais próximo imediatamente. Tenha em mãos as informações, como horário e a quantidade de Cimelide ingerida.

Precauções

Anti-inflamatórias não-esteroidais, como o Cimelide, podem mascarar uma febre oriunda de alguma infecção bacteriana.

A utilização de nimesulida por pessoas que possuam problemas ou histórico de abuso de álcool para ocasionar danos ao fígado. Isso ocorre porque há risco aumentado de ocorrência de reações hepáticas.

Não é aconselhável fazer uso de Cimelide em idosos, pois eles apresentam mais hipersensibilidade a anti-inflamatórias não-esteroidais.

Esse medicamento não deve ser ingerido por menores de 12 anos.

Interação do Cimelide com outros remédios

Cimelide não pode ser utilizado junto com remédio que potencializem danos ao fígado. Portanto informe ao médico seu histórico completo de problemas no fígado. Também não deve ser usado com outros anti-inflamatórios não esteroidais.

As interações que causam efeitos colaterais graves merecem destaque. É necessário um dia de diferença entre a ingestão de Cimelide e metotrexato, pois pode ocasionar numa maior toxicidade, risco de leucopenia, trombocitopenia, anemia, nefrotoxicidade e ulceração de mucosa.

O uso de Cimelide com pemetrexede pode trazer risco de toxicidade (ocasionando no mau funcionamento da medula óssea). Além disso, pode causar toxicidade gastrointestinal e nefrotoxicidade.

A utilização de Cimelide com os seguintes medicamentos pode aumentar o risco de sangramento: apixabana, ardeparina, acebutalol, certoparina, citalopram, clopidogrel, clovoxamina, dalteparina, danaparoide, desirudina, duloxetina, enoxaparina, eptifabatida, escitalopram, femoxetina, flesinoxan, fluoxetina, ginko biloba, heparina, levomilnacipram, milnacipram, nadroprarina, nefazodona, parnaparina, paroxetina, pentosano polissulfato de sódio, pentoxifilina, prasugrel, proteína C, reviparina, rivaroxabana, ticlopidina, tinzaparina, venlafaxina, vilazodona, vortioxetina e zimeldina.

Há risco de falência renal aguda quando Cimelide é associado com tacrolimus. Também pode potencializar a ação de anti-inflamatórios, o que faz aumentar o risco de sangramento e alterações gástricas e renais.

Armazenamento

O Cimelide em comprimido e em gotas deve ser armazenado em temperatura ambiente (15 e 30ºC) longe da luz e da umidade.

A data de fabricação, data de validade e número do lote estão expostos na embalagem. Não faça uso deste medicamento caso ele esteja vencido.

Cimelide PreçoCimelide

É um remédio de uso oral e indicado apenas para pessoas com acima de 12 anos (menos idosos). O laboratório de produção deste remédio é o Cimed.

Pode ser encontrado em embalagens de 12 ou 600 comprimidos e cada comprimido possui 100 mg de peso. Sua aparência circular, amarela/levemente amarelado, isento de material estranho, biconvexo e homogêneo. O preço da embalagem com 12 unidades varia entre R$ 15,00 e R$ 20,00, de acordo com região e farmácia.

Em gotas, por sua vez, é encontrado em frascos com 15 ml. O preço também varia (de acordo com farmácia e região) entre R$ 8 e R$ 18.

É preciso apresentar receita médica para comprar Cimelide em gotas e em comprimido.

Cimelide Genérico

As seguintes marcar produzem genérico desse medicamento: EMS, Eurofarma, Neo Química, Biosintética e Teuto.  Cada embalagem de Cimelide genérico é vendida entre R$ 2,50 a R$ 8,00.

Pergunta dos leitores

Cimelide é indicado para dor de garganta?

Como Cimelide atua contra febre, dor e inflamação, ele pode, sim, ser usado para dor de garganta. É sistêmico e age em qualquer parte do corpo inflamada.

Cimelide da sono?

Sim, em doses excessivas pode ocasionar em lentidão, apatia e sono. Como Cimelide é um anti-inflamatório não-esteroide, mesmo em doses comuns pode dar sono.

Cimelide é um antibiótico?

Não, ele combate febre, inflamação e dores. Este medicamento não combate nenhum tipo de infecção.

Cimelide serve para sinusite?

Cinelide apenas ajuda a tratar os sintomas da sinusite, mas não serve como tratamento para ela.

Cimelide serve para dor de dente?

Cimelide ajuda a combater a dor de dente, assim como a inflamação existente. Mas se a inflamação e dor for por alguma infecção ou machucado diferente, não irá ajudar.