Deposteron – Ciclo, Benefícios, Efeitos Colaterais, Preço

Uma das práticas mais comuns em academias de musculação é o uso de anabolizantes, hormônios e suplementos que ajudem o ganho de massa muscular. Mas, ao mesmo tempo em que a prática é popular, também é cercada de muita polêmica, tabu e desinformação por causa dos riscos que essas substâncias apresentam à saúde.

Hoje vamos falar sobre o Deposteron, uma fonte externa de testosterona. Ele pode ser usado para auxiliar na hipertrofia, mas também é um medicamento para homens que sofram de falta do hormônio masculino e, em alguns casos, por mulheres que precisam da testosterona.

Para que serve o Deposteron

Deposteron é indicado para reposição de testosterona em homens com hipogonadismo primário, secundário ou adquirido. Essa doença faz com que as gônadas (testículos nos homens e ovários nas mulheres) não produzam as quantidades corretas de hormônio. Isso pode dificultar a produção de espermatozoides e de óvulos.

A testosterona é responsável pelo desenvolvimento das características sexuais masculinas e por manter os tecidos saudáveis, e por isso esse medicamento é recomendado. O hormônio também serve, como dito acima, para estimular o desenvolvimento muscular em pessoas saudáveis.


Como funciona o Deposteron

Esse medicamento é uma solução injetável que deve ser usada de forma intramuscular. O líquido não é raso, mas de base oleosa, o que faz com que a testosterona seja liberada lentamente. Ele também é à base de éster, substância que faz com que o hormônio se espalhe rapidamente pelo organismo e volte a agir para recuperar as funções masculinas no corpo humano.

Ele pode ser adquirido em uma embalagem com 3 ampolas de 2 ml, e é preciso seguir estritamente as instruções de aplicação no músculo. O Deposteron deve ser usado apenas por adultos.

Composição

deposteron

De acordo com a bula do laboratório EMS, cada ampola com 2 ml de Deposteron contém:

  • cipionato de testosterona: 200 mg
  • veículo oleoso q.s.p.: 2 ml
    (álcool benzílico, benzoato de benzila, óleo de amendoim)

Como usar o Deposteron

A ampola de Deposteron deve ser aplicada profundamente e lentamente no músculo glúteo apenas por profissionais habilitados. A dosagem costuma mudar do início até o final do período de reposição, além de depender muito do objetivo do uso desse medicamento. Por isso, não é possível dizer aqui a posologia correta.

Consulte um médico para saber a quantidade de testosterona que o seu corpo necessita, bem como a duração do tratamento e o intervalo mais adequado entre uma dose e outra. É importante que se faça uma medição dos níveis séricos de testosterona no final de cada aplicação, para saber se é preciso aumentar ou diminuir a dose.

Ciclo de Deposteron

O tratamento com esse remédio costuma durar entre 6 e 10 semanas, a depender do objetivo do paciente. Mais curto para fins estéticos e mais longo para tratamentos de saúde. A quantidade recomendada para que não haja riscos a saúde é de duas ampolas por semana, aplicadas com intervalos de pelo menos 48 horas entre elas.

Antes e depois de usar Deposteron

Estética e fisicamente, o Deposteron traz benefícios como a melhora da resistência, o ganho de massa magra e a definição dos músculos. O medicamento costuma ter bons resultados porque sua composição é ainda mais potente para estimular as funções masculinas do que o próprio hormônio natural.

Os benefícios para a saúde, especificamente em homens com hipogonadismo, também são muito perceptíveis, já que eles causam alterações no corpo, e a melhora poderá ser observada no espelho de casa.

Quando devidamente acompanhado por um médico, o tratamento com Deposteron traz uma melhor qualidade de vida. É preciso, no entanto, alterar os hábitos de exercícios físicos e alimentação para manter os bons níveis atingidos com o remédio.

Contraindicação

Esse medicamento é indicado para pacientes com:

  • alergia ou sensibilidade a qualquer componente da fórmula
  • insuficiência cardíaca, hepática ou renal
  • presença ou suspeita de câncer de próstata ou da glândula mamária em homens
  • presença ou história de tumores no fígado nas mulheres

Embora seja muito comum o uso de Deposteron por mulheres, seja para ganho de massa muscular ou para tratamentos de mudança de sexo, ele é contraindicado por muitos médicos. Consulte mais de um especialista e peça a opinião dele, que irá avaliar a relação risco/benefício. Para grávidas e menores de 18 anos, o remédio não é indicado.

Efeitos colaterais do Deposteron

A única reação adversa comum é sentir uma dor passageira no local em que foi aplicada a ampola. Nenhum outro efeito listado abaixo é comum, mas todos podem acontecer se não for respeitada a dosagem correta para o seu tratamento. Elas representam os riscos do uso indiscriminado de anabolizantes:

  • cãibras musculares
  • aumento de peso
  • acne
  • depressão e ansiedade
  • redução do tamanho dos testículos
  • aumento ou diminuição da libido
  • frequência aumentada de ereções
  • parestesia generalizada (formigamento por todo o corpo)
  • ginecomastia (crescimento das mamas masculinas)

Superdosagem

A única medida necessária em caso da aplicação de uma dose maior que a permitida é interromper imediatamente o tratamento. Marque uma consulta com seu médico e não use mais o Deposteron até o profissional analisar qual deverá ser sua próxima dose.

Precauções

O uso prolongado de Deposteron sem acompanhamento médico pode causar:

  • estimulação sexual excessiva
  • oligospermia (proporção insuficiente de espermatozoides no sêmen)
  • edemas em pacientes predispostos a isso (doses elevadas de testosterona aumentam a retenção de líquidos, o que causa risco de surgimento de edemas)
  • obstrução uretral aguda em pacientes com hipertrofia benigna prostática

Em idosos, mulheres, pessoas com insuficiência cardíaca, renal e hepática, o Deposteron deve ser usado com cautela. Esse medicamento é contraindicado para quem quer apenas melhorar a performance atlética. Para fins estéticos, ele serve apenas para estimular o desenvolvimento muscular em indivíduos saudáveis.

Como dito acima, esse medicamento deve ser usado apenas via intramuscular, nunca via intravenosa.

Interação do Deposteron com outros remédios

O Deposteron e outros hormônios podem interferir na quantidade do antiinflamatório fenilbutazona no sangue. Eles também são capazes aumentar os efeitos da glicemia, a redução do açúcar no sangue, provocados pela insulina. Em ambos os casos, consulte um médico para ajustar as doses dos medicamentos.

Deposteron x Durateston

Deposteron ou Durateston

O Durateston é um suplemento mais agressivo e de ação mais rápida. Ele conta com quatro formas de testosterona: o propionato, o fenilpropionato, o isocaproato e o decanoato. Já o Deposteron possui apenas o cipionato. Alguns especialistas dizem, no entanto, que essa é a forma de testosterona com mais potencial de risco para a saúde.

Os dois medicamentos, no entanto, servem para ganhar massa muscular, para incentivar a mudança de sexo no caso das mulheres e, claro, para tratar e repor níveis baixos de testosterona no caso dos homens. Apenas um médico saberá qual é o melhor para o seu caso.

Armazenamento

Como a maioria dos medicamentos, o Deposteron deve ser mantido em temperatura ambiente, ou seja, entre 15° e 30°C. Sempre mantenha os comprimidos na embalagem original, onde estarão impressos a data de fabricação e de validade. Respeite sempre esses prazos e não faça uso do medicamento caso observe alguma mudança no aspecto.

Deposteron Preço

O Deposteron é um medicamento controlado e, seguindo uma portaria da Anvisa, só pode ser vendido com indicação médica e retenção da receita por parte do farmacêutico. No entanto, existem preços disponíveis para consulta na internet:

  • Deposteron – caixa com 3 ampolas de 2ml: média de R$ 40,00

Deposteron Genérico

O cipionato de testosterona, componente base do Deposteron, também é produzido e comercializado por outros laboratórios, mas sua distribuição é restrita, pois deve seguir a leis específicas para anabolizantes. O preço do Deposteron é tabelado pelo laboratório EMS.