Gestinol 28 – Engorda? Para que Serve? Efeitos Colaterais, Preço

Se preparar até decidir ter um filho é algo que todos os casais passam. Uma das formas de evitar a gravidez, enquanto os dois se preparam, é a mulher utilizar algum anticoncepcional. Entre eles, um bastante efetivo e indicado é o Gestinol 28.

A utilização de anticoncepcionais é bem polêmica, pois podem causar efeitos colaterais e problemas à saúde de quem o utiliza, além de alguns não terem a efetividade comprovada.

Diante disso, hoje, nesse artigo, estaremos abordando todas as informações do, famoso e bastante utilizado, Gestinol 28. Os principais e mais importantes detalhes do texto são: como deve utilizá-lo, efeitos colaterais e contraindicações, sua composição e preço médio.

Para que serve o Gestinol 28

O Gestinol 28 é um medicamento contínuo que, como todos os anticoncepcionais, é utilizado por mulheres que querem prevenir a gravidez.


Além da prevenção da gestação, o medicamento pode ser utilizado para aliviar os sintomas da menstruação ou para interromper sua ocorrência durante um tempo.

Por fim, o Gestionol 28, quando utilizado corretamente, diminui as chances futuras da mulher apresentar câncer no ovário.

Como funciona

O princípio ativo do Gestinol 28 é a combinação dos hormônios etinilestradiol e o gestodeno. Diante dessa união, o medicamento tem o funcionamento dentro do organismo de inibir as situações hormonais que causam ovulação. Além disso, o Gestinol 28 auxilia no bloqueio do caminho que o esperma teria até o útero, alterando o muco cervical existente no organismo da mulher.

Como usar o Gestinol 28

O comprimido de Gestinol 28 não deve ser mastigado ou partido ao meio. Caso achar necessário, o paciente pode tomar o medicamento junto com um copo de água.

Gestinol

A mulher deve começar a utilização do Gestinol 28 no primeiro dia da sua menstruação. A continuidade ocorrer com ela tomando um comprimido diário durante os 28 dias seguidos, sempre respeitando o mesmo horário. Quando os 28 comprimidos terminam, deve-se começar outra cartela com outros 28, e assim por diante.

Caso a mulher já esteja fazendo uso de outro anticoncepcional, e irá mudar para o Gestinol 28, deve-se iniciar o uso no dia seguinte da utilização do último comprimido do medicamento anterior. O mesmo vale para contraceptivos injetáveis e implantáveis.

É necessário respeitar todas as orientações do médico especialista sobre Gestinol 28, principalmente nos horários, doses e duração do tratamento.

Composição

Cada comprimido de Gestinol 28 contém os seguintes componentes:

  • 75 mcg de gestodeno
  • 30 mcg de etinilestradiol
  • Excipientes: lactose monoidratada, celulose microcristalina, povidona, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, dióxido de silício, macrogol, hipromelose, corante azul indigotina e edetato dissódico di-hidratado

Contraindicação

Como todo o medicamento, o Gestinol 28 não pode ser utilizado por alguns pacientes. Os casos de contraindicações são:

  • Quem tenha alergia ou hipersensibilidade aos componentes presentes na fórmula do medicamento
  • Mulheres grávidas ou que estejam amamentando
  • Pessoas com histórico de trombose venosa, tromboembolismo derrame, infarto, valvulopatias trombogênicas, distúrbios trombogênicos, trombofilias, dor de cabeça, diabetes, pressão alta, câncer de mama, tumor ou doença no fígado, sangramento vaginal sem causa descoberta e/ou pancreatite

Efeitos colaterais do Gestinol 28

As mulheres que utilizam o Gestinol 28 podem apresentar certos efeitos colaterais durante o tratamento. Os que podem ocorrer são:

  • Coágulos nos vasos sanguíneos
  • Obstrução de arteriais e veias
  • Infarto e derrame
  • Trombose venosa
  • Embolia pulmonar
  • Câncer de útero e/ou mama
  • Tumor do fígado
  • Dor de cabeça
  • Inflamação na vagina
  • Mudanças de humor
  • Tontura
  • Enjoo
  • Vômitos
  • Dor no abdômen
  • Espinhas
  • Maior sensibilidade nas mamas, com ocorrência de secreções
  • Edemas
  • Aumento de peso
  • Aumento ou diminuição da fome
  • Lesões na pele, com possível surgimento de manchas
  • Surgimento de pelos
  • Perda de cabelo
  • Urticária

Ao surgimento de qualquer um desses sintomas, ou outro efeito colateral, durante a utilização do Gestinol 28 é necessário procurar um médico especialista e informar a ANVISA.

Superdosagem

A utilização acima do permitido de Gastinol 28 pode causar problemas como dor de cabeça, náuseas, vômito e sangramento.

Caso ocorra a superdosagem do medicamento, a mulher deve buscar um médico especialista para fazer uma lavagem gástrica adequada.

Precauções

Além das contraindicações e advertências sobre os efeitos colaterais, as mulheres que pretendem utilizar o Gestinol 28 devem estar cientes de algumas precauções. São elas:

  • Só inicie o tratamento sob o acompanhamento de um médico especialista
  • Mulheres com diabetes ou intolerância à glicose devem ter cautela para utilizar o Gestinol 28, informando seu médico sobre
  • Mulheres com histórico de depressão devem ter cuidado e acompanhamento médico próximo para utilizar o Gestinol 28
  • O anticonceptivo não previne ou trata doenças sexualmente transmissíveis
  • Quando ocorrem alterações visuais ou auditivas, muita dor de cabeça, tromboflebites ou tromboembolias, imobilização, hepatite, prurido, hipertensão e/ou gravidez o tratamento deve ser descontinuado
  • Evite fumar durante o tratamento
  • Vômitos e diarreias podem alteração a efetividade do Gestinol 28

Interação do Gestinol 28 com outros remédiosPilula anticoncepcional

Os medicamentos e substâncias que podem interagir de alguma maneira com o Gestinol 28 são:

  • Outros medicamentos que possuam etinilestradiol em sua formulação
  • Medicamentos  que alteração a concentração de etinilestradiol
  • Substâncias que fazem alterações gastrintestinais
  • Anticoagulantes, antidepressivos tricíclicos, estrogênios, antibióticos e inibidores de protease
  • Medicamento que aumentam as concentrações plasmáticas e teciduais
  • Flunarizina, rifampicina, rifabulina, barbitúricos, primidona, fenilbutazona, fenitoína, dexametasona, griseofulvina, topiramato, oxcarbazepina, carbamazepina, modafinila, erva-de-são-joão, ritonavir, atorvastatina, ácido ascórbico, paracetamol, indinavir, fluconazol, troleandomicina

Sempre avise seu médico se estiver fazendo uso de algum medicamento, antes de iniciar o tratamento com Gestinol 28.

Gestinol 28 Preço

O Gestinol pode ser encontrado sendo comercializado nas principais farmácias populares. É necessária a presença da receita médica para sua aquisição.

A caixa contendo 28 comprimidos pode ser adquirida pelo preço variante de R$30 a R$40

Gestinol 28 Genérico

A composição Gestodeno + Etinilestradiol, funcionando como genérico do Gestinol 28, pode ser encontrado sendo comercializado pelo laboratório Sandoz. É necessária a presença de receita médica para adquirir.

A caixa contendo 24 comprimidos pode ser adquirida pelo preço variante de R$15 a R$25.

Pergunta dos leitores

Gestinol 28 é indicado para Mioma?

O tratamento para Mioma só pode ocorrer por cirurgia, porém, diante da recomendação médica, o Gestinol pode controlar alguns casos e sintomas da doença.

Gestinol 28 serve para trombose?

Pacientes com histórico com trombose não deve utilizar o Gestinol 28, somente sob a recomendação de um médico especialista.