Nistatina – Para Que Serve? Como Usar? Veja a Bula!

Os antifúngicos nada mais são do que substâncias que agem no organismo combatendo fungos específicos que causam problemas. Uma conhecida substância com ação antifúngica é a nistatina que atua contra o fungo Candida albicans, que causa o sapinho e contra a candidíase vaginal.

Para que serve o Nistatina (indicações)

Nistatina é um medicamento que serve para combater fungos, especialmente os mais comuns em recém nascidos e lactantes, que é o Candida albicans, conhecido como sapinho.

Já em adultos o fungo pode se manifestar a boca, especialmente para quem faz uso de próteses dentárias e também quando o organismo se encontra com deficiência em suas defesas.

Já o creme vaginal é indicado para o tratamento de Candidíase vaginal em mulheres adultas.


Como funciona o Nistatina

A nistatina atua combatendo os fungos que são sensíveis à sua ação, e também alguns outros. Sendo assim, ela se liga as paredes das células dos fungos que são sensíveis e os altera, levando à sua destruição. Vale lembrar que essa substância é somente antifúngica, não apresentando ação contra vírus, bactérias e protozoários.

Visto que a absorção do medicamento é insignificante no trato gatrintestinal. sua ação se inicia logo que ela tem contato com o organismo através da boca ou intestino.

Nistatina Pomada

Composição

Cada mL da suspensão oral de nistatina contém:

nistatina ……….. 100.000 UI

veículo q.s.p. ………..1 mL

Excipientes: hietelose, simeticona, sacarina sódica, propilparabeno, metilparabeno, hidróxido de sódio, glicerol, fosfato de sódio dibásico, essência de framboesa, edetato dissódico di-hidratado, álcool etílico, ácido cítrico, água purificada.

Cada 4g do creme vaginal de nistatina (quantidade de um aplicador) contém:

Nistatina ………. 100.000 U.I.
Excipientes ………. 4 g

Excipientes: cloreto de benzalcônio, metilparabeno, propilparabeno, cera emulsificante não iônica, borato de sódio, metabissulfito de sódio, edetato dissódico e água.

Como usar o Nistatina

O uso desse medicamento vai depender do problema do paciente visto que cada apresentação possui uma finalidade e um modo de uso específico, veja:

Suspensão oral

O primeiro para o uso da suspensão oral é realizar a correta higienização da boca, incluindo os cuidados adequados com as próteses dentárias.

Para efeito, a suspensão deve ser bochechada e mantida na boca por alguns minutos (maior quantidade de tempo possível), antes de ser engolida. Em lactentes e crianças pequenas deve ser colocada metade da dose em cada lado da boca

  • Crianças abaixo do peso e prematuros: 1 mL 4 vezes por dia.
  • Lactentes: 1 ou 2 ml 4 vezes por dia.
  • Adultos: a quantidade varia de 1 a 6 mL 4 vezes ao dia.

A fim de evitar que ocorra uma reinfecção, as doses aplicadas devem ser mantidas por 48h após o desaparecimento dos sintomas do problema ou após o resultado negativo dos exames.

Sempre agite o produto antes de usar.

Creme

Para o caso de nistatina creme vaginal a dose recomendada é de um aplicador cheio de creme, uma vez por dia durante 14 dias seguidos. A aplicação ocorre via intravaginal e deve ser feita preferencialmente à noite.

Sempre siga a orientação do médico no que diz respeito às doses, horários e duração do tratamento. Não interrompa o tratamento sem que haja conhecimento médico.

Contraindicação

A nistatina é um medicamento contraindicado para pacientes que apresentem reação de hipersensibilidade a qualquer um dos componentes de sua fórmula.

Além disso, o creme vagina é contraindicado para aqueles pacientes que possuem micose sistêmica ou a presença de diabetes.

Precauções

O medicamento conta com a presença de metilparabeno e propilparabeno, que em algumas pessoas pode induzir o aparecimento de reações alérgicas, que em certos casos podem aparecer tardiamente.

Nistatina não deve ser usada para o tratamento de micoses sistêmicas.

O tratamento não deve ser interrompido, mesmo que ocorra uma melhora dos sintomas no decorrer dos primeiros dias. Devendo ser completado de acordo com a recomendação médica evitando uma reinfecção.

Não foi estabelecido o efeito carcinogênico da nistatina, nem sei efeito mutagênico em relação a fertilidade.

Nistatina creme

Nistatina durante Gravidez

Não foi estabelecida a segurança desse medicamento durante a gestação para o caso das soluções orais. Tampouco é sabido se o preparo pode provocar algum efeito nocivo ao feto quando administrado em mulheres grávidas.

Por isso, nistatina só deve ser utilizada por mulheres grávidas sob recomendação médica quando os benefícios para a mãe superem os riscos potenciais para o bebê.

Para lactantes

A absorção da nistatina não tem uma absorção significante no tato gastrintestinal, mas em casos de amamentação é importante tomar alguns cuidados na administração desse medicamento seguindo sempre as orientações médicas, visto que não existe comprovação de que a nistatina é excretada através do leite materno ou não.

Uso em idosos

O uso da nistatina não é recomendado para pacientes idosos.

Efeitos colaterais do Nistatina

De uma maneira geral, a nistatina é bastante bem tolerada por todos os grupos de idade. Inclusive para crianças debilitadas com terapias prolongadas.

O paciente ainda pode apresentar uma reação de hipersensibilidade à nistatina com manifestação de agioedema (que nada mais é do que o inchaço das camadas mais profundas da pele), inclusive com edema facial.

O uso de grandes doses orais pode levar ao aparecimento de distúrbios gastrintestinais, diarreia, vômitos e enjoos. de uma maneira mais rara podem aparecer erupções cutâneas, que são bolhas pequenas e avermelhadas na pele, com urticária, em como casos ainda mais raros da Síndrome de Stevens-Johnson.

Já algumas das reações adversas decorrentes do uso do creme vaginal de nistatina podem incluir irritação, coceira, queimação e sensibilidade.

No caso de aparecimento de reações indesejáveis decorrentes do uso desse medicamento, o tratamento deve ser suspenso. e o médico deve ser imediatamente consultado.

Para que serve o medicamento nistatina?

Superdosagem

Quando as doses orais de nistatina excedem os 5 milhões de unidades diárias pode ser que ocorra o aparecimento de distúrbios gastrintestinais e enjoos.

No caso de uso de uma grande quantidade do produto, procure o socorro médico imediatamente. Levando consigo a embalagem ou a bula do medicamento.

Para os casos de intoxicação ou para mais informações, ligue para 0800 722 6001 e receba mais orientações de como agir.

Interação com outros remédios

Até o momento não são conhecidas interações decorrentes do uso da nistatina com outros medicamentos ou substâncias.

Armazenamento

Esse medicamento deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15º e 30ºC. Ao abrigo de luz e umidade, em sua embalagem original.

Nistatina

O número do lote, prazo de validade e fata de fabricação podem ser encontrados na embalagem do produto. jamais deve ser utilizado fora do prazo de validade.

Nistatina Preço

Para comprar esse medicamento é necessária a apresentação de receita médica branca comum. Seu preço pode variar de acordo com a região na qual você se encontra. Bem como se você vai comprar o produto referência ou o seu genérico.

No entanto, na internet, o frasco de 50 ml da suspensão oral pode ser encontrado por valores entre R$ 9,50 e R$ 18 reais. Já a bisnaga com 60g de creme vaginal pode ser encontrada por, em média, R$ 10,50 reais.

Visto que a nistatina é nome do composto ativo, existem diversos medicamentos que usam essa substância. Mas que possuem outros nomes comerciais. No entanto, os preços são referentes ao medicamento genérico.

Pergunta dos leitores

Nistatina é indicado para bebê?

Sim, em lactentes e indicado o uso da solução oral de nistatina.

Nistatina serve para afta?

A solução oral de Nistatina é um medicamento indicado para o tratamento do problema conhecido como sapinho. Que é causado por um fungo.