Sulfadiazina de Prata (Pomada) – Para que serve, Queimadura, Bula

Algumas feridas de pele apresentam um maior potencial de infecção, podendo evoluir até mesmo para quadros de infecção generalizada e é para esses casos que existe a sulfadiazina de prata.

Então, se você quer saber mais sobre esse medicamento, para que serve, como atua e como deve ser utilizado, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber. Vamos lá?!

Para que serve a pomada Sulfadiazina de Prata

É um medicamento indicado para o tratamento de feridas, especialmente as que possuem um amplo potencial de infecção e risco de evoluir para uma infecção generalizada, tais como úlceras de perna, queimaduras, feridas cirúrgicas e escaras de decúbito.

Como funciona

Esse medicamento possui ação cicatrizante e antimicrobiana tópica, agindo de forma efetiva na terapia em feridas cirúrgicas, escaras, queimaduras e úlceras infectadas. A ação da sulfadiazina de prata tem início logo após a sua aplicação.


Composição do Sulfadiazina de Prata

Sulfadiazina de prata é um creme dermatológico de uso adulto e pediátrico para crianças com mais de 2 meses de idade.

Cada g de sulfadiazina de prata creme dermatológico contém:

sulfadiazina de prata ………. 10 mg

Sulfadiazina de Prata

Excipientes: cera emulsificante, álcool cetoestearílico, éster de macrogol 40, propilenoglicol, miristato de isopropila, metilparabeno, propilparabeno e água purificada.

Contraindicações

Sulfadiazina de prata é um medicamento contraindicado para gestantes nos períodos finais da gestação, bem como para bebês prematuros e recém nascidos em seus primeiros meses de vida.

Os dados sobre a passagem dessa substância pelo leite materno ainda são pouco conhecidas. Portanto, a sulfadiazina de prata é cotraindicada também para mulheres que estejam em período de amamentação (lactantes).

Esse medicamento é contraindicado para pacientes que possuam hipersensibilidade a qualquer componente da sua fórmula.

Esse medicamento é contraindicado para a administração em crianças prematuras.

Esse medicamento é contraindicado para administração em mulheres grávidas, principalmente no terceiro trimestre de gravidez.

Esse medicamento é contraindicado para crianças menores de 2 anos e idade.

Sempre consulte um médico antes de fazer uso de qualquer medicamento.

Efeitos colaterais do Sulfadiazina de Prata

Assim como qualquer medicamento, a sulfadiazina de prata pode apresentar efeitos colaterais. No entanto, esse medicamento tende a ser bem tolerado e a maioria dos pacientes não apresentam problemas relacionados ao seu uso.

Mesmo assim, algumas das reações indesejáveis já relatadas são:

Reação adversa incomum (acontece entre 0,1% e 1% dos pacientes que fazem uso da sulfadiazina de prata):

Existem relados de argiria, que nada mais é do que a descoloração da pele ou das mucosas secundaria a disposição do metal. Porém, isso acontece quando a utilização tópica ocorre por tempo prolongado.

Reação adversa rara (acontece entre 0,01% e 0,1% dos pacientes que fazem uso da sulfadiazina de prata):

Existem raros relatos de leucopenia transitória em pacientes que fizeram um tratamento com sulfadiazina de prata. O problema aparece, normalmente, de 3 a 4 dias após o início do tratamento e os seus níveis retornam ao normal após 5 a 7 dias, mesmo com a continuação do tratamento.

É preciso que haja um acompanhamento médico mais cuidado naqueles pacientes cujo tratamento irá ser realizado em uma grande área do corpo ou por um tempo prolongado. É o médico que também vai determinar a necessidade de realizar um acompanhamento laboratorial mais detalhado, especialmente em pacientes que tenham deficiência de glicose-5-fosfato desidrogenase.

Sempre informe ao seu médico, farmacêutico ou cirurgião-dentista caso apareçam quaisquer reações indesejáveis decorrentes do uso de sulfadiazina de prata. Se possível, informe também a empresa através do seu serviço de atendimento.

Como usar

Primeiramente é preciso realizar a limpeza da lesão seguindo as orientações medica. Feito isso, deve-se aplicar uma camada de sulfadiazina de prata creme sobre a área afetada e cobrir tudo com um curativo secundário, tal como gaze ou qualquer outro a critério do médico.

Se o produto ficar exposto à luz após a sua aplicação pode ocorrer uma mudança na sua coloração.

Sulfadiazina de prata em creme deve ser aplicada somente uma vez por dia, mas nos casos de lesões úmidas (exsudativas) pode ser aplicada duas vezes ao dia ou de acordo com a recomendação médica.

É possível fazer a retirada do produto utilizando uma compressa de algodão ou gaze.

A sulfadiazina de prata não deve ser aplicada na região dos olhos e pode ser administrada até que haja a cicatrização da ferida.

Esse é um medicamento de uso tópico e deve ser manipulado cuidadosamente de forma a evitar que haja contaminação do produto através das partículas da lesão tratasa.

Sempre siga a orientação do médico respeitando a dose indicada, os horários de aplicação e a duração do tratamento, que não deve nunca ser interrompido sem que haja o conhecimento do médico.

Precauções

A administração de sulfadiazina de prata deve ser suspensa sempre que houver quaisquer sinais de hipersensibilidade, sistêmica (por absorção) ou local. No entanto, comunique o médico imediatamente sobre o ocorrido, levando o produto consigo.

Esse produto não deve ser utilizado por mulheres grávidas (gestantes), especialmente no último trimestre de gravidez.

Sulfadiazina de prata creme não deve ser aplicado na região dos olhos e não deve ser administrado via oral (não deve ser ingerido).

De uma forma geral, todos os produtos de uso tópico devem ser manipulados cuidadosamente de forma a evitar a contaminação do produto pelo bocal com as partículas infectadas que provém da lesão que está sendo tratada.

Sempre siga as orientações do médico no que diz respeito a manipulação desse produto.

Sulfadiazina de prata é um medicamento categoria B de risco durante a gravidez.

Esse medicamento não deve nunca ser utilizado em gestantes sem que haja recomendação médica ou de um cirurgião dentista.

Caso a paciente esteja amamentando ou grávida o médico devera ser avisado.

Sempre informe seu médico também sobre o aparecimento de reações indesejáveis decorrentes do uso da sulfadiazina de prata.

O médico deve ser informado se o paciente estiver fazendo uso de algum outro medicamento.

Sulfadiazina de prata não deve ser utilizada sem que haja conhecimento médico visto que pode trazer riscos à saúde.

Essa medicação deve ser mantida fora do alcance de crianças.

O produto deve ser mantido em temperatura ambiente, entre 15º e 30ºC, ao brigo de luz e umidade e em sua embalagem original.

O prazo de valide é de 24 meses a contar da data de fabricação que podem ser encontrada na embalagem juntamente com o número do lote de fabricação.

Superdosagem

É bem pouco provável que ocorra uma superdose exclusivamente através do uso tópico de sulfadiazina de prata.

Ocasionalmente pode acontecer um aumento da concentração de sulfadiazina de prata no sangue, decorrente do uso da mesma em uma grande área corpora.

Caso isso aconteça, o tratamento deve ser interrompido imediatamente e o paciente deve procurar o seu médico para maiores orientações.

Caso alguém utilize uma grande quantidade desse medicamento é necessário procurar imediatamente o socorro médico levando consigo a embalagem ou a bula do produto, se for possível.

Para mais orientações ligue para 0800 722 6001.

Interação do Sulfadiazina de Prata com outros remédios

Não são conhecidas interações da sulfadiazina de prata com outros medicamentos.

No entanto, na literatura médica, é relatado um aumento no risco de ocorrência da leucopenia, que nada mais é do que a diminuição dos glóbulos brancos do sangue, naqueles pacientes que também fazem uso da cimetidina, logo após a administração da sulfadiazina de prata.

Também é relatada a inativação de agentes desbridantes enzimáticos, como colagenases, decorrente do uso da sulfadiazina de prata.

Sulfadiazina de Prata Preço

Sulfadiazina de prata é um creme dermatológico vendido em bisnagas de 30g e 50g nas concentração de 10 mg.

Para compra-lo é preciso apresentação de receita branca comum de 2 vias e o seu preço pode variar de acordo com a região e local escolhidos para a compra.

No entanto, na internet o preço da bisnaga de 50g varia entre R$ 26 e R$ 35 reais.

Já a bisnaga de 30g pode ser encontrada por valores entre R$ 22 e R$ 25 reais.

Sulfadiazina de Prata Genérico

Para encontrar o genérico desse medicamento é só procurar por seu princípio ativo, que é o mesmo do nome, ou seja, sulfadiazina de prata.

Diversos laboratórios produzem esse medicamento, no entanto, é preciso estar atento para que a concentração seja a mesma (sulfadiazina de prata 10mg).

Então, converse com o farmacêutico e ele vai poder orientar você sobre a melhor opção de genérico disponível.

Pergunta dos leitores

Sulfadiazina de Prata é indicado para queimadura?

Sim, uma das indicações é para queimaduras, principalmente naquelas que apresentam maior potencial de infecção.

Sulfadiazina de Prata é um curativo?

Existem curativos impregnados da substância sulfadiazina de prata. No entanto esse é um produto específico e diferente da pomada.

Sulfadiazina de Prata serve para assadura?

É um medicamento utilizado para tratar e prevenir infecções causadas por bactérias e fungos.

Embora possua ação cicatrizando o seu uso não é recomendado para assaduras e existem outros cremes específicos para essa finalidade.

Sulfadiazina de Prata é um antibiótico?

Sim, é um antibiótico de uso tópico pertencente ao grupo das sulfonamidas.

Existe Sulfadiazina de Prata em comprimidos?

Sim, existe e serve para tratar infecções estafilocócicas, gonocócicas, meningocócicas e esptreptocócicas.

 

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a sulfadiazina de prata , para que ela serve, como deve ser utilizada e como ela atua.