Topiramato – Para Que Serve? Como Funciona? Posologia – Bula Rápida

A epilepsia é uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, onde que não tenha sido provocada por febre, drogas ou distúrbios metabólicos. Antes de falarmos do Topiramato vamos comentar um pouco sobre a epilepsia.

Durante alguns segundos ou até mesmo minutos, uma parte do cérebro emite sinais incorretos que podem ficar isolados a esse local ou espalhados. Quando ficam restritos, a crise de epilepsia é chamada de parcial, porém quando envolvem os dois hemisférios cerebrais é chamada de generalizada.

Por causa disso que alguns pacientes podem ter sintomas que sejam mais ou menos evidentes de epilepsia, porém não significa que o problema não tenha importância se a crise for menos aparente.

Durante as crises de ausência, o paciente fica como se estivesse ‘desligado’ do mundo, onde após o seu término pode voltar ao que estava fazendo normalmente. Nas crises simples, o paciente vivencia sensações estranhas, realizando movimentos descontrolados em determinadas partes do corpo, além do sentimento de medo, desconforto no estômago e perda momentânea da consciência, onde se caracteriza como crise parcial complexa.


Em crises complexas, a perda da consciência é imediata, onde o corpo fica rígido, seguido de tremedeira. Existem ainda diversos outros tipos de crises. Onde as mais perigosas são as que duram por mais de 30 minutos, onde prejudicam as funções cerebrais.

As causas da doença podem ser hereditária, provocada por ferimentos sofridos na cabeça, traumas, abuso de bebidas alcoólicas e drogas, tumores e doenças neurológicas. O diagnóstico da doença é através de exames como eletroencefalograma (EEG) e neuroimagem.

As crises costumam aparecer com frequência, caso você fique mais de anos sem as crises de epilepsia, você pode se considerar curado. Mas para que isso aconteça você deve realizar o tratamento adequado.

Com Topiramato o paciente consegue controlar os sintomas e levar uma vida normal, inclusive alcançando destaque em sua carreira profissional.

Para que serve o Topiramato (indicações)

Topiramato serve para auxiliar no tratamento da epilepsia em pacientes que recebiam terapia adjuvante e serão convertidos à monoterapia.

O medicamento é indicado para uso adulto e pediátrico, controlando as crises epilépticas parciais com ou sem generalização secundária e crises tônico-clônicas generalizadas primárias.

Topiramato também serve para o tratamento das crises associadas à Síndrome de Lennox-Gastaut e no tratamento preventivo da enxaqueca.

Como funciona o Topiramato

Topiramato 25mg

O Topiramato é um medicamento anticonvulsivante. Com mecanismos de ação que são eficazes no tratamento da epilepsia e na profilaxia da enxaqueca. O medicamento influencia os processos químicos do cérebro, com isso a hiperexcitabilidade de células nervosas são reduzidas.

Nos casos de pacientes pré-diagnosticados com epilepsia, o seu efeito ocorre em até 2 semanas de tratamento. Nos casos de convulsões parciais ou generalizadas tônico-clônicas, o efeito terapêutico é de 1 mês.

A ação do medicamento começa a observar resultados positivos na prevenção da enxaqueca no primeiro mês após o início do tratamento.

Como usar o Topiramato

Topiramato deve ser ingerido duas vezes ao dia, porém é necessário que o paciente siga todas as recomendações médicas.

No início do tratamento da epilepsia, a dosagem indicada é baixa e vai subindo gradativamente. Os comprimidos devem ser ingeridos com o auxílio de um pouco de água, sem partidos ou mastigados.

Para adultos, a dose eficaz é de 200 mg ao dia, onde o paciente não deve exceder a dose máxima diária de 400 mg. No inicio o paciente deve tomar entre 25 mg a 50 mg á noite, aumentando gradativamente a dosagem.

Para crianças, a dose diária inicial é de 5 a 9 mg por kg peso da criança, dividida em duas tomadas.

Nos casos de monoterapia, a dose indicada para adultos é de 100 mg ao dia, não excedendo a máxima de 500 mg. Para crianças acima de 2 anos de idade, a dose recomendada varia de 0,5 a 1 mg/kg, à noite.

No tratamento da enxaqueca, durante o inicio do tratamento é recomendado a administração de 25 mg á noite, durante a primeira semana. A dose deve ser aumentada gradativamente sem exceder a dose máxima diária de 200 mg.

O medicamento deve ser administrado com cautela em pacientes com insuficiência renal e insuficiência hepática.

Composição

Cada comprimido de 25 mg do medicamento possui 25 mg de topiramato. Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, polietilenoglicol, lactose monoidratada, hipromelose, amido pré-gelatinizado, dióxido de titânio e estearato de magnésio.

Cada comprimido de 50 mg do medicamento possui 50 mg de topiramato. Excipientes: celulose microcristalina, croscarmelose sódica, polietilenoglicol, lactose monoidratada, hipromelose, amido pré-gelatinizado, dióxido de titânio e estearato de magnésio e óxido de ferro amarelo.

Cada comprimido de 100 mg do medicamento possui 100 mg de topiramato. Os excipientes são os mesmos de 50 mg.

Contraindicação

Topiramato é contraindicado em pacientes que possuem hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

O medicamento é contraindicado para gestantes. O uso durante a gravidez só deve ocorrer em casos excepcionais, após avaliação médica. E com acompanhamento do paciente durante o tratamento.

Precauções

Bula do Topiramato

Caso você esteja tomando qualquer tipo de medicamento ou tenha alergias, informe ao seu médico antes de iniciar o tratamento com Topiramato.

Não interrompa o tratamento sem orientação médica.

Para pacientes que possuem insuficiência renal, a principal via de eliminação do medicamento é através dos rins. Por isso a dosagem deve ser orientada pelo controle das crises, evitando reações adversas.

É importante o paciente se hidratar durante o tratamento com Topiramato. De modo que a hidratação também previne o risco de pedras nos rins e eventos adversos relacionados ao calor.

O medicamento age no sistema nervoso central. O paciente pode ter reduzida a sua capacidade de dirigir veículos ou operar máquinas. Além de causar visão turva e produzir sonolência.

Atenção para diabéticos: Topiramato contém açúcar.

Se você se esquecer de tomar uma dose, tome-a assim que se lembrar. Caso esteja perto da hora da próxima dose, não dobre a dose e continue o tratamento normalmente.

Efeitos colaterais do Topiramato

Há chances de reações adversas durante o tratamento com Topiramato, por isso é de extrema importância que o paciente siga todas as recomendações médicas, respeitando o horário de dosagem e não tomando o medicamento com outros remédios não indicados.

Efeitos colaterais que atingem cerca de 5% dos pacientes que utilizam o Topiramato são: Tontura, sonolência, perda de peso, irritabilidade, fadiga, formigamento, diplopia, enjoo, comprometimento de memória e diarreia.

Efeitos colaterais que atingem até 1% dos pacientes que utilizam o Topiramato são: Transtorno de linguagem expressiva, depressão, insônia, agitação, raiva, ansiedade, variações de humor, tremor, amnésia, boca seca, dor abdominal, distúrbio do equilíbrio e de atenção.

Superdosagem

Caso você tome uma dose elevada de Topiramato, acidentalmente, você deve procurar uma emergência médica com urgência.

Os efeitos colaterais nos casos de superdosagem são:

Sonolência, convulsão, visão dupla e embaçada, coordenação anormal, pressão arterial baixa, dor abdominal, tontura, depressão e forte agitação.

Caso a superdosagem seja recente, o estômago deve ser esvaziado imediatamente por lavagem ou por indução do vômito.

Interação do Topiramato com outros remédios

É importante avisar ao seu médico caso você esteja utilizando outros medicamentos, principalmente se for digoxina, anticoncepcionais orais, metformina ou quaisquer outras drogas antiepilépticas, como fenitoína, carbamazepina, ácido valproico, fenobarbital e primidona.

Caso você tome bebidas alcoólicas ou esteja tomando anti-histamínicos, remédios contra insônia, antidepressivos, calmantes, narcóticos, barbitúricos ou analgésicos, você também deve informar ao seu médico, pois a interação de Topiramato com esses medicamentos podem provocar efeitos colaterais.

Topiramato Preço

O medicamento pode ser adquirido nas redes de farmácias e drogarias de todo o país e também pela internet. É necessário a apresentação da receita médica (C1 Branca 2 vias).

A caixa com 60 comprimidos de Topiramato custa em média R$ 98,98. Onde o preço pode sofrer alterações de acordo com a região.

Topiramato é fabricado pelos laboratórios EMS, Aché, Teuto, Accord Farma, Sandoz, Eurofarma, Legrand, Germed Pharma, Biosintética, Zydus Nikkho e Medley.

Topiramato Genérico

Tempora, Topit, Vidmax, Égide, Amato, Arasid, Sigmax, Temax e Topamax são medicamentos similares de Topiramato, onde todos possuem o mesmo principio ativo (topiramato).

Os medicamentos podem ser adquiridos pelo preço médio de R$ 26,21 a R$ 91,60, onde também é necessário prescrição médica (C1 Branca 2 vias). O preço dos genéricos podem variar de acordo com a região.

Pergunta dos leitores

Topiramato emagrece?

Topiramato pode emagrecer como reação adversa ao tratamento, tendo impactos severos à saúde do paciente. Porém topiramato não é um medicamento recomendado para o emagrecimento. Onde o seu objetivo principal é prevenir ataques de epilepsia, convulsões, enxaquecas, crises de desmaios e compulsões.

Topiramato serve para Enxaqueca?

Sim, Topiramato serve para a prevenção e também para o controle das crises de enxaqueca.